30 março 2022

O conceito de Inovação é comumente conversado por todos, e sempre gera muitas discussões.

Conforme mencionado por Nick Balding a “Inovação é a exploração com sucesso de novas ideias”.

Resumindo, Inovação trata-se de agregar valor para uma ideia inovadora percebida pelos usuários, ou seja, percebida pelo Mercado.

Dentre as várias possibilidades de inovar, aquelas que se referem a inovações de produtos ou de processos são conhecidas como inovações tecnológicas. Outras categorias de inovações podem se relacionar a novos mercados, modelos de negócio, métodos organizacionais e fontes de suprimentos.

Deve-se ter a noção de que aqueles que inovam, conseguem se manter em uma posição competitiva no mercado, mas as empresas que realizam um processo contínuo, conseguem ficar à frente dos concorrentes.

Para ser uma empresa inovadora não é necessário ter ideias disruptivas, mas sim querer melhorar algo que acredita ter potencial, seja em seu processo produtivo, ou até mesmo ofertando um novo serviço ou produto.

Existem vários modelos de inovação que podemos observar no dia a dia, veja alguns exemplos:

Machine Learning: São chatbots de atendimento ao cliente, abastecidos com dados e informações capazes de responder às necessidades do consumidor de forma ágil e sem perda de tempo.

Drones Entregadores: Os drones viraram um acessório muito comum para uso pessoal. Em 2017 o número de aparelhos no mundo todo chegou a cerca de R$ 3 milhões, mas agora os drones “corporativos” deverão “invadir” o céu, para realizar serviços de entrega de forma rápida e assertiva.

Assistentes Virtuais: Os assistentes virtuais foram criados visando facilitar a vida humana, através da tecnologia, eles conseguem entender tudo o que você fala e interagem com os seus comandos.

Inovação Organizacional: Inovação organizacional trata-se da alteração da realização de processos e gerenciamento, ou a criação de um novo modelo de negócio.

O principal objetivo da inovação organizacional é a integração de todos os processos da empresa de uma forma simples e completa com o controle e visualização de todas as informações operacionais e administrativas, auxiliando na tomada de decisões.

Comportamento do Consumidor: Com o avanço da competição no mercado, as empresas enxergaram, ainda mais, a necessidade de entender os seus clientes. Esse mercado está passando por inovações e podemos observar isso com a startup Forebrain, que  busca realizar o mapeamento do comportamento de consumo através de ferramentas da área médica. A empresa monitora as ondas cerebrais e faz o rastreamento do olhar para aplicar na análise do consumidor. 

Blockchain: É uma rede descentralizada que evita duplicidade de registros e pode ser usada para quase toda categoria de transação de dados, essa rede é capaz até de substituir os bancos, que por serem centralizadas podem sofrer com cibercrimes.

Perfumaria: Há vários anos o setor de cosméticos e beleza pessoal investem valores expressivos em pesquisa e desenvolvimento, aumentando a inovação de seus produtos, processos e sistemas. Um exemplo disso é a renomada marca de perfumes O Boticário, que lançou uma linha de perfumes desenvolvida com ajuda da Inteligência Artificial, uma ação inédita até então no mercado e no mundo.

Outro exemplo de inovação neste setor é vislumbrado pela Natura, que aposta em dispositivos de “cheiro digital”, permitindo ao consumidor experimentar diversas fragrâncias de uma maneira única, a partir de celulares e tablets, reduzindo assim o volume de testadores e outras formas de amostragem.

Agricultura 4.0: Outralinha de inovação que vem crescendo no Brasil são as soluções tecnológicas para a agricultura, encabeçada pelos diversos avanços da conectividade e soluções digitais (4 e 5G, Internet das Coisas — IoT, nuvem, telemetria etc.) permitindo obter dados importantes como imagens e amostras do solo, passando o espaço a ser georreferenciado. Dentre os principais benefícios estão: sustentabilidade, aumento da produtividade com redução de custo e automatização do processo.

Medicina:  É um setor da economia que se encontra em constante desenvolvimento. Ao longo dos anos, muitas inovações mudaram a forma de observar o mundo da medicina (penicilina, vacinas etc.). Uma inovação que revolucionou o mundo foram os membros biônicos, que permite que as pessoas sintam texturas e sensações mesmo usando um membro prostético.

Muitas dessas ideias foram incentivadas e aplicadas nos projetos conduzidos aqui no FI Group.

Entre em contato conosco e saiba mais sobre como viabilizar a inovação na sua empresa!

Na próxima semana voltamos com mais informações, continuando nossa série Inova FI, sequência de artigos criados pelo FI Group sobre as principais tendências do ecossistema de inovação.

Se você gostou dessa publicação, não esqueça de compartilhar!